Pesquisar músicos:

Armandinho Neves
* 28/11/1902 Campinas, SP, Brasil.
† 12/12/1976 São Paulo, SP, Brasil.
Instrumentista, compositor.

Filho de uma italiana com um negro brasileiro, Armandinho desde pequeno se sentiu atraído pelo violão, porém somente aos 19 anos teve seu primeiro instrumento, e aos 20 resolveu procurar um professor. Antes disso, esteve envolvido com atividades distantes da música: futebol, na esperança de profissionalização; e boiadeiro no interior, como forma de subsistência.
 
Os primeiros contatos com os estudos foram frustrantes pois, com a impaciência da mocidade, Armandinho queria tocar, e o professor exigia que, primeiro, aprendesse teoria e leitura musical. Durante três anos tentou estudar sozinho até que, em 1923, conheceu dois violonistas – um clássico, que executava transcrições de Beethoven; e outro popular, intuitivo, que tocava choro. Armandinho percebeu, ao mesmo tempo, a importância da técnica e da espontaneidade. Mas sua implicância com as formalidades da música era tamanha que preferiu continuar confiando no ouvido.
 
Em 1925, tomou aulas com dois irmãos violonistas que se apresentavam em espetáculos circenses e, em seguida, com Larosa Sobrinho, autor de um método prático para violão bastante conhecido na época. 

Só nesse momento abandonou a necessidade de ganhar a vida como biscateiro de diversos ofícios e resolveu adotar o violão como profissão – com um pequeno hiato em 1927 quando a paixão pelo futebol fez com que tentasse, pela última vez, a sorte nos campos. E não se tem mais notícia de que Armandinho haja buscado outros mestres.

Leia mais...

Contato

Todos os direitos reservados (c) 2008 - 2009
Banco de Música Serviços de Comunicação e Cultura Ltda.